Projetos que se renovam a cada ano e possibilitam resultados inspiradores

A aprendizagem baseada em projetos surgiu como tendência em meados do ano 2000. Com o avanço da tecnologia educacional, o conceito foi amplamente aprimorado e abraçado por grandes instituições de ensino pelo mundo.
Embora ainda pareça uma ideia nova e possua caráter inovador, o trabalho com projetos educacionais é uma prática antiga. Sua riqueza em experiências, contextualização e significância na vida dos estudantes se comprova e, inclusive, com o crescimento da cultura digital. A aprendizagem baseada em projetos renova-se, ganha espaço e possibilita resultados inspiradores.

//Biblio, do latim: livro


O Projeto Biblio, realizado anualmente no Colégio Rosário, tem abordagem transversal e coloca em diálogo diferentes práticas, visões de mundo e saberes essenciais às aprendizagens de crianças e jovens. O trabalho com os diferentes textos, literários e não-literários, auxiliar o aluno a ocupar, com maior consciência, os diferentes lugares a partir dos quais pode falar, escrever e se posicionar no exercício crítico da cidadania.

O Biblio, a cada ano, ganha uma temática e uma roupagem diferente, de acordo com os objetivos e práticas de leitura desenvolvidas na escola para aquele ano e permeia todo o conteúdo curricular. Também anualmente, as criações dos estudantes resultam em  produções diferenciadas como: feira científico-cultural, produção literária e festival de curta-metragens. 

“A escola precisa desenvolver um trabalho pedagógico que reconheça a diferença presente nas variadas esferas que a compõem como um veículo do desenvolvimento do conhecimento e da pluralidade humana.” –  Meirieu (2005) 

O Projeto Biblio tem a intencionalidade de se constituir nesse espaço-tempo de encontro, interação, aprendizagens e produção de novos saberes. 

// Alguns registros do Projeto Biblio